Monday, April 13, 2015

European Orchid Show 2015 - London


Estive no passado fim de semana em Londres para assistir ao Congresso Europeu de Orquídeas, organizado pelo European Orchid Council e a RHS e associações britânicas.
Foi uma grande exposição, com muita variedade de expositores e vendedores e com muito boas apresentações e plantas extraordinárias. 
Gostei muito também pela troca de experiências, reencontro de amigos ou conhecer alguns amigos do Facebook pela primeira vez. É muito interessante.
Aqui ficam algumas fotos da exposição.














Thursday, April 09, 2015

Revista Jardins de Abril


Este mês a revista JARDINS brinda a chegada da Primavera com uma atraente e colorida capa com uma bonita Olaia em flor. 
Neste número não vai encontrar o meu habitual artigo sobre Orquídeas, mas sim um artigo sobre a minha inesquecível viagem à Costa Rica e ao Panamá. Espero que gostem!
Mas esta revista está cheia de temas interessantes, pequenas notícias, livros aconselhados e dicas de cultivo para tirar ideias para o seu jardim. O Tiago Veloso escreve sobre o Jasmim e o Nuno Lecoq e a Ana Luísa Soares sobre Arbustos para sombra. O Márcio Meruje diz-nos quais os cuidados mensais a ter com o seu Bonsai e o Raimundo Quintal propõe uma visita ao Jardim Botânico José do Canto, em S. Miguel, nos Açores. O José Pedro Fernandes ensina a fazer estacaria caseira e também nos fala do Calendário Lunar para Abril. A Fernanda Botelho escreve sobre as Papoilas, o João Franco escreve sobre Tamarilho, Pêra-melão e Lulo e a Vera Nobre da Costa sobre a sua viagem ao Vietname.
Mas a leitura não acaba aqui: Como tratar do relvado na Primavera, Terraços e varandas, Jardinar em Família, receitas de Culinária, O que fazer este mês no Jardim, Arranjos Florais e um projeto do "Querido Mudei a Casa" completam esta revista que não deve perder. 
Se não comprou ainda... não deixe de o fazer, a Primavera não é a mesma sem a revista JARDINS.

Wednesday, April 08, 2015

RHS Botany for Gardeners


Um livro ideal para quem não gosta só de jardinar, mas também se interessa por outras facetas das plantas que fazem parte dos nossos jardins. Infelizmente é um livro em inglês e não está traduzido para português impedindo a leitura de quem não domina a língua.
Este não é um livro académico, mas é um livro que responde a muitas questões de muitos jardineiros. Aprender a cultivar uma planta deve resultar da compreensão dessa planta, a sua fisiologia e de como ela interage com o habitat, o clima e todas as condições que condicionam o seu desenvolvimento.
Neste livro são abordados todos os aspetos do Reino Vegetal, desde a simples célula, passando por todas as partes que podem constituir uma planta, as suas funções e as fases da sua vida, desde a semente à reprodução e a formação do fruto. 
Este é um livro que nos mostra também a história das plantas, dando-nos a conhecer botânicos e ilustradores importantes para a história da botânica. Outros aspetos mais práticos da jardinagem e horticultura são também abordados com o rigor e simplicidade que predominam em toda a obra.
Não posso terminar sem me referir ao maravilhoso design deste livro tornando-o uma preciosidade. A capa dura, qualidade do papel, as cores que fazem lembrar um livro antigo e as gravuras que o decoram são de um bom gosto e cuidado extremo. Toda a apresentação dos conteúdos está excelente.
Um livro que não só aconselho, como considero indispensável a sua presença na biblioteca de qualquer jardineiro que tenha orgulho de o ser.

Tuesday, April 07, 2015

Cymbidium Cliff Hutchings 'New Horizon'


Cymbidium de hastes pendentes, este ano com três hastes florais!
Cultivado todo o ano no exterior em vaso suspenso!



Thursday, March 26, 2015

Sievekingia fimbriata


É uma orquídea originária da Costa Rica, Colômbia e outros paízes da América do Sul de climas tropicais. São plantas próximas das Stanhopea e visualmente muito identicas excepto que, mais pequenas em tamanho. Têm pseudobolbos com cerca de 2cm de comprimento com uma folha plicada. 

Normalmente é cultivada em vasos ou cestos de madeira suspensos porque as suas flores pendem em cachos que podem atingir as 15 flores por cacho. O substrato deve permitir uma boa drenagem e pode ser constituído por casca de pinheiro fina, fibra de coco, perlite, fibras de feto arbóreo ou musgo de esfagno. O substrato deve manter-se húmido mas não podemos deixar secar demasiado nem encharcar o substrato.

Esta planta veio com outras iguais para o Jardins Sintra com as folhas todas manchadas e muita gente alvitrou serem fungos. A minha suspeita foi que as manchas era devidas a serem transportadas dentro dos sacos, em Fevereiro, dentro de camiões refrigerados. Entretanto fiquei com uma e mantive-a no Orquidário dos Jardins Sintra, onde trabalho. Agora, dois anos depois, esta pequena orquídea está de óptima saúde e deu agor a primeira floracão.




Wednesday, March 25, 2015

Mais alguns Cymbidium

A o desfile dos Cymbidium continua no meu jardim onde a Primavera começa a despertar algumas plantas mas os Cymbidium parece que querem continuar a colorir o jardim por mais umas semanas!


Cymbidium Half Moon 'Wonderland'


Cymbidium Scotts Sunrise 'Aurora'



Cymbidium Wallacia



Cymbidium Yellow Cadillac


Wednesday, March 18, 2015

Os meus Cymbidium em Março

Cymbidium com identificação que floriram no mês de Março.


Cymbidium Cliff Hutchings 'Peewee'


Cymbidium Eastern beauty 'Kagaribi'



Cymbidium Endre Ostbo 'Faith'


Cymbidium Mary Green 'Spring Wind'


Cymbidium Set Wine Yoshi



Cymbidium Tigel Geel


Cymbidium Valley Vampire 'Blood'



Cymbidium Vogels Magic

Saturday, March 14, 2015

Limpeza do Canto das Suculentas

Trabalho de Sábado cá em casa no cantinho do terraço onde tenho várias suculentas. Foi tudo tirado, incluindo a 'casa dos gatos' que já não é utilizada e foi colocada uma mesa nova dando assim um maior acesso aos vasos das plantas. Ainda não está terminado mas já foi um bom trabalho.



Antes


Depois da limpeza


Tudo nos lugares

Wednesday, March 11, 2015

200 Plantas do SW Alentejano



Não é com muita frequência que temos livros editados sobre plantas em Portugal e assim a edição deste “200 Plantas do SW Alentejano & Costa Vicentina” suscitou-me a curiosidade em variados aspectos. É um livro de duas autoras portuguesas, sobre plantas do nosso país e, aqui mais particularmente, sobre as plantas da minha terra. É um livro muito prático e que cabe em qualquer bolsa, logo bom para nos acompanhar em passeios pelo campo. O método de procura está bem escolhido, pela cor da flor. O livro está marcado por zonas coloridas de fácil acesso e onde encontramos as flores de uma determinada cor. Nada mais fácil. Quando encontramos a flor que procuramos, temos à nossa disposição um leque de informações úteis sobre a planta, desde o nome científico, nome comum, as características da planta e dos locais onde pode ser encontrada entre outras curiosidades. Tudo isto em duas línguas, português e inglês, uma opção inteligente pois o público estrangeiro, tanto os turistas como os residentes no nosso país terão tanto ou mais interesse na nossa flora que nós próprios. Mas este livro não se fica por aqui, temos muita informação extra neste livro, sobre botânica, sobre os vários tipos de habitats existentes na zona do SW alentejano e costa vicentina, e sobre onde encontrarmos mais informação sobre plantas em Portugal. Tudo muito bem paginado, identificado, com uma apresentação impecável, bom grafismo e fotografias. Depois de tudo isto, fica a pergunta no ar: - Para quando as plantas de outras zonas de Portugal?

Tuesday, March 10, 2015

Cymbidium Mary Green`Spring Wind`

A florir neste momento com três bonitas hastes florais. As fotos não ficam com as cores exactas mas mesmo assim consegue-se ver a beleza deste Cymbidium híbrido, resultado de um cruzamento entre o Cymbidium Sarah Jean e o Cymbidium devonianum.

Cultiva-se como qualquer Cymbidium, mas como as hastes florais são pendentes, caindo em cascata, devemos optar por um vaso alto ou um cesto suspenso.